Cursos e Oficinas

oficina de bonecos e máscaras

 

A oficina ministrada por João Araujo, apresenta o trabalho com essas duas linguagens utilizadas nas criações de espetáculos do Grupo Morpheus Teatro.  O teatro de bonecos e o teatro de máscaras. A oficina é fragmentada em duas etapas:
1. Manipulação direta (técnica do teatro de animação onde os bonecos ou objetos são conduzidos diretamente sem o uso de fios ou varas), os principais elementos desta técnica de manipulação de bonecos: foco, triangulação, ponto fixo, peso, eixo, deslocamento, a relação do boneco com o corpo do ator, “ouvir” o boneco e seus desejos, manipulação em trios e duplas. 
2. A máscara expressiva e seus princípios: o corpo da máscara, níveis de tensão, suspensão e relaxamento, percepção, decisão e ação, o monólogo interno, a frase física e a comunicação com o público.
A oficina é realizada com máscaras e bonecos confeccionados por João Araujo, fundador do Grupo Morpheus Teatro em 2002.

A oficina ministrada por João Araujo, apresenta o trabalho com essas duas linguagens utilizadas nas criações de espetáculos do Grupo Morpheus Teatro.  O teatro de bonecos e o teatro de máscaras. A oficina é fragmentada em duas etapas:
1. Manipulação direta (técnica do teatro de animação onde os bonecos ou objetos são conduzidos diretamente sem o uso de fios ou varas), os principais elementos desta técnica de manipulação de bonecos: foco, triangulação, ponto fixo, peso, eixo, deslocamento, a relação do boneco com o corpo do ator, “ouvir” o boneco e seus desejos, manipulação em trios e duplas. 
2. A máscara expressiva e seus princípios: o corpo da máscara, níveis de tensão, suspensão e relaxamento, percepção, decisão e ação, o monólogo interno, a frase física e a comunicação com o público.
A oficina é realizada com máscaras e bonecos confeccionados por João Araujo, fundador do Grupo Morpheus Teatro em 2002.

 



Histórico da Oficina

Instituto Singularidades São Paulo/SP (2017 e 2016) | Instituto Pombas Urbanas São Paulo/SP (2016) | Oficina Cultural Gepeto Goiânia/GO (2016) | Sesc Campinas (2015) | Projeto “Mosaico na Estrada” Taquarituba/SP (2013) | Projeto Circo Navegador “Histórias pra Embrulhar Peixe” São Sebastião/SP (2013) | Campo Limpo/SP CITA – Centro de Investigação Teatral Artemanha (2013) | Santiago/Chile “LA REBELIÓN DE LOS MUÑECOS” (2012) | São Sebastião/SP (2012 e 2011) | Ilhabela/SP (2012) | Suzano/SP (2012) | Paraguaçu Paulista/SP (2012 e 2011) | Tupã/SP (2012) | Tarumã/SP (2012 e 2011) | Valparaiso/Chile (2011) | Iguape/SP (2010) | Registro/SP (2010) | São Simão/SP (2010) | Campina do Monte Alegre/SP (2010) | Taquarituba/SP (2010) | SESC Pinheiros/SP (2009) | SESC Ribeirão Preto/SP (2009) | SESC Campos do Goytacazes/RJ (2008) | Brasília/DF (2007) | Olinda/PE (2007) | Caruaru/PE (2007) | Belo Jardim/PE (2007) | João Pessoa/PB (2007) | Campina Grande/PB (2007) | Belém/PA (2007) | São Bernardo do Campo/SP (2006) | CENTRO DE ESTUDOS E PRÁTICAS DO TEATRO DE ANIMAÇÃO/SP (2009 e 2004).

 

Ministrante

 

João Araujo
Diretor, ator-bonequeiro e fundador do grupo Morpheus Teatro
   
Desde o ano de 1997, o diretor e ator-bonequeiro, João Araujo, tem dedicado sua pesquisa teatral às relações entre homem e boneco, entre o trabalho do ator e o teatro de animação.
O entrelaçamento e o convívio criativo entre estas duas linguagens cênicas, aparentemente distintas, têm direcionado e inspirado sua prática artística, que fundamentalmente, se expressa utilizando estas relações como metáfora e meio de representação do mundo interior humano, de sua interação com o ambiente em que vive.
Em março de 1997, iniciou seu trabalho com o teatro de bonecos na peça “O Poema do Lixo”, dirigido por Daisy Nery. Entre julho de 2000 e agosto de 2004 fez parte do elenco da Cia. Truks Teatro de Bonecos atuando nos espetáculos “O Senhor dos Sonhos”, “A Cidade Azul” e “Contar Até Dez”, trabalhando também na construção e manutenção de bonecos e cenários da companhia.
Durante este período, inicia sua pesquisa solo de teatro de animação tendo como resultado o espetáculo “O Princípio do Espanto”. Funda em 2002 o grupo Morpheus Teatro.
Apresenta o espetáculo em diversos festivais e mostras de teatro em cidades do Brasil e também na América Latina, Europa e Ásia. Baseado em suas pesquisas com o teatro de animação e o treinamento físico do ator começa a ministrar oficinas em diversas cidades brasileiras.
Em 2008/2009 dirige e atua no novo espetáculo do grupo Morpheus Teatro chamado ‘Pequenas Coisas’, apresentado no Centro de Estudos e Práticas do Teatro de Animação em São Paulo.

João Araujo

D.R.T N° 17900/SP  

Fundador do grupo Morpheus Teatro (2002)

CURSOS/TREINAMENTOS: Diploma de Mímica Total no Estúdio Luis Louis (2015) | Treinamento de Máscaras com Daniela Biancardi (2013) | Curso de Palhaço com Ésio Magalhães (2012) | Curso Regular de Mímica com Luis Louis (2009, 2010 e 2011) | Taller Retiro 2011 com Sergio Mercurio (Argentina, 2011) | Actuación con Máscaras com Marcela Cornejo (Chile - 2011) | Mímica Corporal Dramática com Thomas Leabhart (2010) | Véu e Máscara Neutra com André Capuano (2009) | Criação e Jogo com Raquel Scotti Hirson (2009) | Oficinas de Clown com Bete Dorgan, Cristiane Paoli Quito e Silvia Leblon | Teatro Dança com  Renata Melo, Adriana Grechi, Ricardo Iazzetta, Key Sawao e Wellington Duarte | Dramaturgia no Teatro de Animação com Henrique Sitchin, Máximo Shuster e Maurício Kartun.                 

DIREÇÃO: O Princípio do Espanto (2002) | Pequenas Coisas (2009) | Vai Passar (2013)

ATOR: Berenices (2016) | Vai Passar (2013) | Pés Descalços (2010) | Pequenas Coisas (2009) | O Princípio do Espanto (2002) | Contar Até 10 (2002) | O Senhor dos Sonhos (2000) | Cidade Azul (2000) | O Poema do Lixo (1998).  


<< voltar
© 2009 Morpheus Teatro - Todos os direitos reservados • Criação de Sites : Trupe